Tags:

A importância do autoconhecimento na carreira de TI

Ao contrário do que muitos imaginam, a responsabilidade da construção da carreira do profissional depende mais do seu autoconhecimento do que ações efetivas da empresa.

Construir uma carreira de forma consistente não é uma tarefa fácil e rápida, uma das alternativas que pode ajudar nesse processo é o autoconhecimento. Este pode sustentar e direcionar suas decisões durante a construção da sua carreira. Descobrir seus valores, princípios, seu estilo e o que te agrada mais quando o assunto é sua profissão são peças chaves para fazer as melhores escolhas.

É importante o profissional discutir se suas expectativas estão alinhadas com a Organização. Em paralelo deve conhecer a trilha de carreira e ter em mente o objetivo da próxima etapa a ser alcançada.

Pessoas com autoconhecimento desenvolvido em geral aparentam ser mais felizes e satisfeitas pois normalmente trabalham alinhadas com os seus valores pessoais. Isso vai refletir na sua produtividade, crescimento profissional e relacionamento com os demais.

O contrário também parece ser verdadeiro, ou seja, algumas vezes encontramos profissionais insatisfeitos com a carreira e empresa, mas que na verdade não assumiram a responsabilidade pelo seu crescimento: ou podem ter se acomodado, ou não se encontraram na profissão.

Na MATERA existe um programa de evolução profissional onde é dada uma oportunidade de crescimento aos envolvidos, mentorado e mentor. O mentorado estabelecerá as metas que façam sentido para si e os mentores o auxiliará contribuindo com ferramentas, feedbacks e análise contínua do progresso e dificuldades do mentorado. Para obter sucesso é fundamental que o mentorado faça uma análise profunda de suas capacidades e anseios, isso servirá de apoio para definir a meta a ser alcançada. Durante o programa são realiazadas cerimômias obrigatórias que servirão para estabelecer as metas, acompanhar e avaliar o resultado atingido, também é permitido que sejam feitas cerimôminas extras a fim de interagir e encorajar o mentorado. No final, mais importante que o atingimento das metas, é o caminho percorrido e o progresso realizado.

Investir nesse processo de autoconhecimento pode trazer clareza, confiança e te ajudar a alcançar seus objetivos superando seus pontos de desenvolvimento e valorizando seus pontos positivos.

Por fim, considero que todo profissional deve estar convicto do propósito do seu trabalho e buscar sempre se tornar um profissional mais realizado.

Por ALBERI MARQUES VIEIRA

Postado em: 02 de março de 2016

Confira outros artigos do nosso blog

Tudo azul, tudo bem, tudo zen: conheça nosso espaço de descompressão

23 de agosto de 2018

Fernando Porto

Atração de talentos: recrutamento da Matera é reconhecido pelo Linkedin

17 de julho de 2018

Fernando Porto

Dia de Folia: um exemplo de integração entre trabalho e família

11 de julho de 2018

Fernando Porto

Inclusão e deficientes visuais: vamos falar sobre isso?

18 de maio de 2018

Evandro Chequi

Deixe seu comentário