As novidades do Android Marshmallow

Mais um fim de ano chegando e com ele, nova versão do Android! Ano passado tivemos a versão Lollipop [1] e dessa vez, o doce Marshmallow está estrelando na versão 6.0 do Android. Nesta nova versão, não há grandes mudanças visuais, mas em quesito funcionalidades e otimizações do sistema operacional, ele está repleto de novidades! Bem, vamos para o que interessa: abaixo segue, em tópicos, as principais novidades.

Now on Tap: Pesquisa por contexto

Now on Tap
Figura 1 – Now on Tap em ação: a partir de um e-mail de oportunidade, com dois cliques, foi possível acessar o LinkedIn da MATERA Systems!

Aclamado como a maior novidade do Android Marshmallow, o Now on Tap traz pesquisas contextuais para o Android. Mas como isso funciona? Estando em qualquer aplicativo, ou site, simplesmente segure o botão home e aguarde a mágica do Now on Tap! Em poucos segundos, ele realiza uma pesquisa no Google utilizando os termos mais relevantes da sua tela. Como ele faz isso? Magic!
OBS: Por enquanto, o Now on Tap está disponível apenas no idioma inglês.

Novo Sistema de Permissões

permissões
Figura 2 – Aplicativo Messenger (Google) solicitando permissões em tempo de execução

Segurança é um dos temas do Android Marshmallow. Provavelmente você se lembra do momento da instalação um aplicativo novo através da Google Play, dependendo do aplicativo, é solicitado inúmeras permissões que muitas vezes você nem sabe se vai precisar mesmo. No Android Marshmallow isso muda: não é solicitado nenhuma permissão no momento da instalação do aplicativo, elas serão solicitadas quando necessário.

Suporte nativo à leitura de impressão digital

Ainda no tema de segurança, a Google incluiu o leitor de digital no Android Marshmallow. Esse aqui você pode até achar estranho, uma vez que inúmeros smartphones Android em versões inferiores ao Marshmallow já possuíam leitor de digital. Bem, antes dependia do fabricante implementar o leitor de digital. Algumas empresas poderiam não incluir leitor de digital nos seus dispositivos, uma vez que implementar uma funcionalidade dessa pode custar bastante dinheiro. A partir de agora, essa é uma funcionalidade nativa e qualquer empresa pode se beneficiar dela. Outra vantagem é que, por ser nativa, possui um desempenho muito melhor. A nova linha Nexus lançada pela Google esse ano (Nexus 5x e Nexus 6p) já possui o sensor de digitais. A funcionalidade nesses modelos é chamada de Nexus Imprint. Em um teste realizado [2] com o Nexus 5x, a velocidade de desbloqueio da tela através do Nexus Imprint, foi mais rápido que o novo iPhone 6s.

Doze mode: Novo gerenciamento de energia

Screenshot_20151018-192648
Figura 3 – Lista dos aplicativos que estão otimizados para o Doze Mode

Uma das grandes reclamações dos usuários, de qualquer S.O., é sempre bateria, certo? Bem, então nesta nova versão do Android a Google atacou esse problema e como resultado, lançou o Doze mode: um novo modo que irá garantir uma duração maior da sua carga de bateria*. O doze mode funciona da seguinte forma: se o usuário deixar o celular parado e com a tela desligada por um determinado período de tempo, o celular irá entrar em Doze mode. Uma vez o sistema em Doze mode, a conexão com internet de todos aplicativos é restringida e também, para aplicativos que utilizam muito a CPU, o uso à CPU é restringido. De tempos em tempos, o sistema sai do Doze Mode e permite que os aplicativos acessem a internet, assim, o usuário ainda consegue receber as suas notificações, porém, com uma frequência menor. Caso você queira entender mais detalhes sobre o Doze mode ou adaptar o seu aplicativo para tal, no final deste artigo tem a referencia utilizada [3].

*: O Doze mode funciona para quando o smartphone está parado e com a tela desligada. Caso você tenha um uso intenso do Smartphone, sempre com a tela ligada, o Doze mode não irá melhorar o uso da sua bateria.

Backup automático no Google Drive

Backup Android Marshmallow
Figura 4 – Backup ativado no Android Marshmallow

Muitos não gostam desse comparativo, mas vou fazer: se tem algo que o Android era pior que o iOS era em questão de Backup dos dados dos aplicativos. Se você formatar o seu iPhone ou comprar um novo, após colocar as suas credenciais, todos aplicativos e dados voltam como era antes, de forma transparente. Pois bem… Agora o Android Marshmallow também! Nas versões anteriores, já havia a possibilidade de fazer Backup dos dados do aplicativo no Android, mas dependia do desenvolvedor ativar. A partir do Android Marshmallow esse Backup (armazenado no Google Drive) é realizado de forma automática, sem a necessidade de intervenção do desenvolvedor, assim, ambas as partes saem felizes: desenvolvedor sem trabalho a mais e usuário com backup.

Tradução de qualquer texto selecionável

translate
Figura 5 – Traduzindo um texto do Google Keep

Traduzir um texto no Android sempre foi uma tarefa trabalhosa: copiar o texto > abrir o aplicativo do Google Tradutor > colar > traduzir. A partir da versão 6 do Android, essa tarefa tornou-se muito mais simples. Uma vez que o texto esteja selecionado, além das opções de copiar e colar, há a nova opção de traduzir, eliminando a etapa de abrir um aplicativo apenas para tradução. Simples, não?

Cartão de memória como memória interna

Cartão de memória nunca teve seu potencial total explorado no Android. Nas versões anteriores ao Marshmallow, só era possível gravar dados de (alguns) aplicativos, fotos, músicas, vídeos, etc. Mas utilizar a memória externa para instalar um aplicativo de fato, apenas com Root. A partir do Marshmallow isso muda: memória externa (cartão de memória) será tratado como memória interna, possibilitando utilizar o espaço do cartão de memória também para a instalação de aplicativos.

Referências

[1] As novidades do Android Lollipop
[2] Nexus 5X vs iPhone 6s – Fingerprint Scanner Speed Test
[3] Optimizing for Doze and App Standby

Links Externos

[1] Android Quick Start Guide, Android 6.0 (Marshmallow)
[2] Android 6.0 Marshmallow

Asif Islam / Shutterstock.com

Por GUILHERME LIMA PEREIRA

Postado em: 26 de outubro de 2015

Confira outros artigos do nosso blog

Copa do Mundo II: Aplicativo Ionic com aplicação Firebase

20 de junho de 2018

Flavia Domingues

Deixe seu comentário