Colaboração sem tecnologia: a rede social feita de giz

Inovação está relacionada a satisfazer necessidades e não criar tecnologias! A tecnologia é apenas um meio de viabilizar as idéias, torná-las mais eficientes e difundi-las mais rapidamente. Como identificar as necessidades que a tecnologia atende e satisfaz e não as necessidades que ela cria (“os modismo”)?

Veja o caso das redes sociais. Quantas redes sociais você conhece ou já ouviu falar? Twitter, Facebook, Orkut, Linkedin, Instagram, e por aí vai. Qual a necessidade que elas atendem?

Para esclarecer um pouco mais, nada melhor que uma história interessante! Trata-se de uma rede social em Londres, desenvolvida a partir de giz. Isso mesmo, giz! Aquele velho pedaço cilindrico que suja as mãos e já caiu em desuso.

A publicação “The Pavement” é uma espécie de serviço de informação aos moradores de rua da capital inglesa. Distribuída gratuitamente aos sem-tetos, ela criou uma rede social offline entre os moradores de rua ao distribuir giz e ensinar códigos visuais para a troca de informação entre eles. Com isso, símbolos são desenhados com giz em calçadas, paredes e postes, para orientar uns aos outros sobre perigos, locais onde dormir, locais que oferecem comida, como é a vizinhança, entre outras informações relevantes para quem dorme nas ruas. O ponto interessante dessa idéia é que para inovar não foi necessário pensar em coisas complexas e cheias de tecnologias. Não foi necessário criar necessidades, nem modismos. Nesse exemplo, satisfazer as necessidades já existentes foi um passo para inovar de forma simples e pura. Através de principios de colaboração, os moradores de rua puderam compartilhar suas experiências sem sequer chegar perto de um smartphone. Interessante, não?

pavement

“Back To The Basics”

Referências:

The Pavement: http://www.thepavement.org.uk/

Por FABIANO AMARO COSTA

MATERANO na veia. Vive a cultura MATERA desde 2008 em diferentes papeis. Curte cães, carros e fotografia. Acredita na vida em comunidade, compartilhamento de ideias e experiências como forma de melhorar o mundo.

Postado em: 04 de setembro de 2015

Confira outros artigos do nosso blog

MATERA patrocina Software Experience 2017

05 de outubro de 2017

Caue dos Santos Pereira

Nova diretoria de Inovação e Negócios da MATERA busca parcerias

20 de abril de 2017

Vania Hoshii

Retrospectivas Bombásticas – Keep Talking and Nobody Explodes

17 de março de 2017

Bruno Gonçalves Zanutto

Prato de hoje: Retrospectiva

02 de fevereiro de 2017

André Suman

Deixe seu comentário