Como construir o Product Box

No post As outras fases do SCRUM comentamos sobre algumas técnicas que são utilizadas no Pré-Game e nesse vamos explorar um pouco mais sobre o Product Box.

O Product Box é um dos jogos de inovação divulgado no livro “Innovation Games” de Luke Hohmannou que auxilia o Product Owner a propor um produto mais adequado aos clientes (usuários ou consumidores) baseando nas pistas obtidas sobre os reais problemas e necessidades deles. O Product Box é composto por Elevator Statement e Product Vision Box.

O Elevator Statement é um discurso sobre o projeto que deve ser tão enxuto, mas tão enxuto que podemos divulgar o produto/projeto numa conversa de elevador. Para criar esse discurso deve-se responder algumas questões básicas:

  1. Quem é o público-alvo do produto?

  2. Qual é a necessidade ou oportunidade do cliente/público-alvo?

  3. Qual é o principal benefício desse produto?

  4. Qual é a principal diferenciação?

Junte as respostas de todos esses pontos e crie o discurso com base nesse template:

PARA (cliente / público-alvo)

QUE (necessidade do cliente/público-alvo ou oportunidade).

O (produto ou serviço) é um (categoria de produto ou serviço)

QUE (principal benefício ou razão para comprar o produto).

DIFERENTEMENTE DO (concorrente principal)

NOSSO PRODUTO (principal diferenciação).

 Por exemplo: Para o Empresa X que necessita ganhar escala nas operações com segurança e agilidade, o Controle de CRI é um aplicativo web que visa auxiliar a criação e a elaboração de CRI até o seu controle (fluxo de caixas, triggers, etc).

Diferentemente do processo feito (em boa parte) manualmente, o nosso produto tem como objetivo em aumentar a produtividade e a segurança do processo de controle (emissão até pós-venda) de CRI.

shutterstock_217749400

O Product Vision Box é uma dinâmica que deve ser feita (se possível) com os stakeholders, time, usuários e clientes. É uma prática lúdica que os participantes montam uma caixa de produto apresentando:

  • Nome do produto

  • Três ou quatro pontos chaves para ‘vender’ o produto

  • Principais funcionalidades

  • Principais requisitos operacionais

 Após a concepção da caixa, é recomendável que o time a utilize durante todo o desenvolvimento tirando dúvidas de priorização de atividades ou desenvolvimento e até mesmo focando no objetivo principal do produto.

 Como comentado anteriormente, o Product Box é uma dinâmica lúdica que nos ajuda a identificar as necessidades e problemas dos clientes/usuários que comprarão/usarão os produtos.

 “O consumidor não sabe o que quer até que nós lhe mostremos”. (Steve Jobs)

“Se tivesse perguntado ao cliente o que ele queria, ele teria dito: ‘Um cavalo mais rápido!’” (Henry Ford)

Ao contrário dessas citações, não se trata solicitar à eles para descreverem o produto final e implementá-lo sem alterações e sim entender corretamente o produto.

Por CAROLINA ANGELOTTI NOVAES VICENTE

Postado em: 28 de novembro de 2014

Confira outros artigos do nosso blog

REST não é JSON

21 de agosto de 2017

Bruno Sofiato

[Webinar] Profile de aplicações Java com Oracle Mission Control e Flight Recorder

24 de julho de 2017

Danival Calegari

Criando Mocks de serviços REST com SoapUI

27 de junho de 2017

Monise Costa

JavaScript 6: diferença entre var, let e const

09 de maio de 2017

Otávio Felipe do Prado

Deixe seu comentário