Conhecendo as principais certificações Java

            Obter certificações Java é tão importante para conseguir uma boa colocação no mercado de trabalho, quanto principalmente para adquirir conhecimento profundo sobre a tecnologia. A Oracle nos disponibiliza diversas certificações, tanto para JSE (Java Standart Edition), quanto para JEE (Java Enterprise Edition) e até JME (Java Mobile Edition) e essas são bastante respeitadas e reconhecidas pelas empresas de tecnologia. Neste post falarei um pouco das principais certificações que o mercado mais pede e se interessa.

            Oracle Certified Associate, Java SE 7 Programmer: A partir da versão 7, a certificação de programador Java foi dividida em duas. Nas versões anteriores não era necessário tirar a certificação de Associate, para obter a certificação de Programmer. Pois bem, essa é a primeira parte da certificação de Java Programador, nela cai questões relacionadas ao básico do Java, como por exemplo, escopos de variáveis, definições das estruturas de classe, manipulação de String e StringBuilder, operadores Java, if/else/switch, arrays, loops, orientação a objetos, exceções, entre outros.

Requisito

Número de questões

Duração

Pontuação para aprovação

Não há

70

120 minutos

63%

             Oracle Certified Professional, Java SE 7 Programmer: A segunda prova da certificação de Java Programador já aborda conceitos mais avançados relacionado ao Java Standart Edition. Nela aborda assuntos como: modificadores de acesso, equals/hashCode e toString, classes abstratas, métodos static e final, enum, mais sobre orientação a objetos, generics, collections, processamento de Strings, exceção, java IO e NIO, JDBC, Threads, Concorrência, Localização, entre outros assuntos.

Requisito

Número de questões Duração Pontuação para aprovação
Oracle Certified Associate, Java SE 7 Programmer 90 150 minutos

65%

            Oracle Certified Expert, Java EE 6 Web Component Developer: Essa certificação de Web Component Developer está diretamente relacionada aos conceitos básicos de desenvolvimento para web, abordando principalmente JSP e Servlets. Além de cair diversas questões sobre JSP e Servlets, também consta questões sobre a arquitetura MVC, Expression Language, JSTL, segurança em aplicações web, entre outros.

Requisito

Número de questões Duração Pontuação para aprovação
Oracle Certified Java Programmer (qualquer versão) ou Java Enterprise Architect Certified (qualquer versão) 57 140 minutos

64%

            Oracle Certified Expert, Java EE 6 Enterprise JavaBeans Developer: Essa certificação de Enterprise JavaBeans Developer, antigamente chamado de Business Component Developer, está relacionada aos componentes de negócio, ou seja, tecnologia EJB. Nesta prova, possui questões sobre a arquitetura JEE, JEE containers, Componentes EJB, Session Beans, JMS, Message-drive Beans, Timer services, transações e segurança de aplicações JEE, entre outros assuntos.

Requisito

Número de questões Duração Pontuação para aprovação
Oracle Certified Java Programmer (qualquer versão) ou Java Enterprise Architect Certified (qualquer versão) 60 110 minutos

73%

            Oracle Certified Expert, Java EE 6 Java Persistence API Developer: Essa certificação de Java Persistence API Developer aborda conceitos de persistência e busca em um banco de dados relacional. Nessa, contém perguntas sobre ORM (Object Relational Mapping), conceitos de Entity, Entity Manager e Persistence Unit, Relacionamentos entre tabelas, herança, Query Language, Criteria, entre vários outros assuntos.

Requisito

Número de questões Duração Pontuação para aprovação
Oracle Certified Java Programmer (qualquer versão) ou Java Enterprise Architect Certified (qualquer versão) 64 135 minutos

61%

            Oracle Certified Expert, Java EE 6 Web Services Developer: Essa certificação aborda conceitos relacionados a Web Service, sendo tanto SOAP quanto RESTful, utilizando a tecnologia Java (JAX-WS e JAX_RS). Possui questões também de como construir web services, utilizando EJB, portanto, apesar da certificação de Java Enterprise JavaBeans Developer não ser pré-requisito, é necessário o conhecimento sobre web services com EJB. Essa certificação tem ficado cada vez mais interessante, conforme a arquitetura por microserviços vem crescendo.

Requisito

Número de questões Duração Pontuação para aprovação
Oracle Certified Java Programmer (qualquer versão) ou Java Enterprise Architect Certified (qualquer versão) 55 90 minutos

65%

            Oracle Certified Expert, Java EE 6 JavaServer Faces Developer: Essa certificação é a mais recente de todas, não existia antes, da versão 5 da JEE. Apesar de JSF estar entrando em desuso, sendo substituídos pelos frameworks action-based, há muitas empresas ainda que utilizam essa tecnologia e possuem produtos legados para serem mantidos, tornando essa certificação ainda um pouco interessante. Ela garante teus conhecimentos nas tecnologias JSF (JavaServer Faces). Possui questões sobre os recursos do JSF 2.0, Ciclo de vida do JSF, Escopos, Managed Beans, navegação, validação e conversão de dados, componentes JSF, componentes customizados, entre outros.

Requisito

Número de questões Duração

Pontuação para aprovação

Oracle Certified Java Programmer (qualquer versão) ou Java Enterprise Architect Certified (qualquer versão) 87 120 minutos

70%

            Oracle Certified Master, Java EE 6 Enterprise Architect: A mais complicada e extensa de todas é essa certificação de arquiteto Java. Ela é composta por 5 fases: a primeira é a participação de um curso oficial da Oracle, porém ela pode ser feita em qualquer etapa da certificação, ou seja, no início, meio ou fim. A segunda fase é passar em uma prova objetiva de múltipla escolha, ela contém 60 questões, tem duração máxima de 150 minutos e precisa acertar pelo menos 71% para ser aprovado. A terceira fase, o candidato é responsável por desenvolver um projeto completo, a partir de um documento de requisitos que a Oracle envia. O candidato tem 6 meses para desenvolver e entregar o projeto. Na fase 4, candidato terá que responder umas questões relacionadas ao seu projeto desenvolvido, sobre a sua arquitetura definida, os padrões de projeto utilizado, tendo que responder os prós e os contras das tomadas de decisão para o projeto. A fase 5 é a etapa final, e nela é apenas necessário enviar a comprovação de que você realizou o curso oficial da Oracle.

Conclusão: Há ainda outras certificações, como a de Developer e a de Mobile, porém essas são menos requisitas e as menos tiradas pelos profissionais Java. Motivo? A de Developer está relacionada a programação em Java para desktop, e também possui vários passos, tem que desenvolver um projeto e participar de um curso oficial da Oracle e a de mobile (JME) é pouco tirada pois já é uma tecnologia bastante defasada, sendo substituído totalmente pelo Android e iOS.

Não há uma ordem correta a ser seguida para tirar as certificações, apenas a de programador que é obrigatório para a maioria das outras certificações (menos a de arquiteto), ou seja, tudo depende de qual caminho você quer seguir. Agora que você já conhece um pouco mais das certificações Java existentes, que tal começar a tirar as suas? Te garanto que te trarão muitos benefícios, muito conhecimento e te ajudará muito a te colocar em uma boa posição no mercado de trabalho.

 Fonte: http://education.oracle.com/

Por IGOR KENGI SHIOHARA

Postado em: 26 de junho de 2015

Confira outros artigos do nosso blog

REST não é JSON

21 de agosto de 2017

Bruno Sofiato

[Webinar] Profile de aplicações Java com Oracle Mission Control e Flight Recorder

24 de julho de 2017

Danival Calegari

Criando Mocks de serviços REST com SoapUI

27 de junho de 2017

Monise Costa

JavaScript 6: diferença entre var, let e const

09 de maio de 2017

Otávio Felipe do Prado

Deixe seu comentário