Entenda o Bitcoin

Bitcoin é uma forma de moeda digital que deu início a um novo sistema de pagamento. Esta moeda diferencia-se das tradicionais pelo fato de ser totalmente virtual e de ser descentralizada. Ou seja, não existem versões físicas do dinheiro e é independente de qualquer autoridade central como um banco ou um país. Neste artigo irei mostrar resumidamente como funciona uma transação de Bitcoin, algumas vantagens e desvantagens desta moeda, além de como a MATERA está preparada para suportá-la.

Quando um novo usuário deseja fazer uma transação com Bitcoin, este deve instalar no seu computador ou celular uma carteira digital de Bitcoin, que permite enviar e receber moedas. Este dispositivo gera um endereço de Bitcoin que é enviado para a pessoa que vai efetuar o pagamento. Este endereço gerado é assinado digitalmente pela carteira, utilizando criptografia de chaves pública e privada, para garantir que foi mesmo criado pelo dono da carteira e que não sofreu quaisquer alterações depois de emitida. Por fim, todas as transações são divulgadas entre os usuários e normalmente começam a ser confirmadas pela rede nos próximos 10 minutos, através de um processo chamado mineração.

Bitcoin_2_MATERAUma das vantagens da descentralização desta moeda é que torna-se inviável qualquer entidade, governamental ou não, manipular o seu valor ou induzir inflação “imprimindo” mais notas. Além disto, as transações são feitas de pessoa para pessoa, o que elimina intermediários como os bancos, diminuindo assim os custos das tarifas. Ainda, como é uma moeda global, pode ser utilizada em qualquer país sem precisar pagar por taxas de conversão, eliminando também as fronteiras comerciais.

No entanto, existem algumas desvantagens relacionadas a essa falta de regulamentação central. Uma delas é que o dinheiro pode ser utilizado para a compra de produtos ilegais, já que não é possível rastrear e identificar quem faz uma transação. Desse modo, com este tipo de anonimato, também torna-se difícil recuperar Bitcoins roubados. Além do mais, a moeda ainda é muito volátil e seu valor está sujeito a diversas variações.

Mesmo com estas características, Bitcoins podem ser comprados e vendidos em algumas casas de câmbio como qualquer outra moeda existente. Assim como já funciona com o dólar, euro, real, etc. Neste sentido, a MATERA já suporta o Bitcoin, pois a suíte MATERA Banco permite o cadastro e uso de diversas moedas ou indexadores em seus processamentos. Além do mais, a MATERA possui uma equipe de colaboradores capacitados para possíveis alterações técnicas e mudanças na legislação relacionadas ao mercado financeiro.

LINKS EXTERNOS

http://pt.wikipedia.org/wiki/Bitcoin
https://bitcoin.org/pt_BR/como-funciona
http://www.psafe.com/blog/bitcoin-amigo-ou-inimigo
http://gizmodo.uol.com.br/bitcoin-a-favor-contra

Por GUILHERME MORAES ARMIGLIATTO

Postado em: 23 de março de 2015

Confira outros artigos do nosso blog

O open banking é uma ameaça aos bancos?

11 de junho de 2018

Caue dos Santos Pereira

Por que o Banco Central poderá regulamentar o Open Banking no Brasil?

11 de junho de 2018

Caue dos Santos Pereira

PSD2: como o Open Banking foi regulamentado na Europa

11 de junho de 2018

Caue dos Santos Pereira

O que é Open Banking?

05 de junho de 2018

Caue dos Santos Pereira

Deixe seu comentário