Tags:

Equipes virtuais: As vantagens na utilização deste modelo

Pode-se definir equipe como um conjunto de pessoas que trabalham juntas a fim de atingir um objetivo em comum. Antigamente, havia uma preocupação em manter todos da equipe em um mesmo ambiente, pois a comunicação seria mais eficiente. Certamente, equipes próximas atingiam com mais facilidade os objetivos do que as equipes dispersas. Entretanto, com o avanço nas comunicações este cenário tem se alterado cada vez mais. Isto pode ser facilmente observado na MATERA, onde existem vários casos de sucesso em projetos  com equipes virtuais.

Podem-se enumerar diversas vantagens na utilização deste modelo de equipe, como por exemplo:

  • acesso às experiências diversas;
  • networking;
  • comodidade e bem estar do profissional (home office ou proximidade da cidade natal);
  • flexibilidade para alocação da equipe;
  • custos reduzidos;
  • conhecimento sobre mercados diversos.

Tais vantagens só são atingidas se a comunicação da equipe for bem gerida. A equipe deve manter o sentimento de união e a motivação para atingir as metas propostas. Para atingir isto, devem ser considerados dois fatores:

  • Entendimento da informação;
  • Compartilhamento de informações.

Boa parte da comunicação é não-verbal e quando a pessoa se expressa somente através de textos, pode ser mal compreendida. Esta falta de entendimento, pode criar situações constrangedoras e até mesmo conflitos entre as partes, além de poder causar retrabalhos para o projeto. Para auxiliar nesta tarefa existem diversas ferramentas, dentre elas:

  • Videoconferência;
  • Teleconferência;
  • Voip;
  • Mensagens instantâneas;
  • E-mails;
  • Compartilhamento de área de trabalho.

Para cada situação uma ou mais destas ferramentas serão as mais adequadas, esta definição fica a critério da equipe juntamente com seu Líder de Projetos.

Mesmo tendo em mãos várias formas de se comunicar, tudo será em vão se os membros da equipe guardarem as informações para si. É importante promover a troca de informações, a qual pode ser feita de diferentes maneiras:

  • reuniões periódicas;
  • blog;
  • bug tracking;
  • documentos compartilhados;
  • chat do projeto;

O objetivo disto é evitar que dados sejam julgados insignificantes demais para serem compartilhados. Desta forma o conhecimento se mantém na equipe e não nos indivíduos.

Assim, pode-se concluir que se ultraprassadas as barreiras de comunicação, as equipes virtuais se tornam muito vantajosas e tão eficientes quanto as tradicionais.

Por MATERA SYSTEMS

Postado em: 23 de abril de 2012

Confira outros artigos do nosso blog

Inclusão e deficientes visuais: vamos falar sobre isso?

18 de maio de 2018

Evandro Chequi

MATERA patrocina evento de empreendedorismo para jovens

05 de setembro de 2017

Caue dos Santos Pereira

Participe deste bate-papo e conheça as nossas práticas de gestão de inovação

21 de agosto de 2017

Vania Hoshii

Folia foi o que não faltou!

10 de julho de 2017

Tatiana Araujo

Deixe seu comentário