Tags:

IBM e MATERA firmam parceria para oferecer solução completa ao setor bancário

MATERA Banco e System z com Linux resultam em praticidade e economia para as instituições financeiras

A parceria entre a IBM e a MATERA Systems possibilita que instituições financeiras tenham a solução mais completa de sistemas bancários e todas as vantagens de um mainframe a um preço altamente competitivo.
A solução MATERA em System z roda com o sistema operacional Linux, ou seja traz a flexibilidade do sistema operacional livre e os principais elementos de uma infraestrutura robusta em um pacote acessível e prático.

“Dentre as maiores empresas fornecedoras de sistemas bancários, a MATERA é a única que roda em Linux e Windows, o que prova a robustez da solução e a visão estratégica da empresa para atender às diversas demandas do mercado. Essa solução oferece um mainframe de alta capacidade com preço de plataforma mais simples”, ressalta o CEO da MATERA Systems, Carlos Augusto Leite Netto.
Para celebrar a parceria, as empresas oferecerão um café da manhã para convidados no dia 13 de junho, às 8h30, na Sala São Francisco do Hotel Transamérica. Este encontro ocorre durante o segundo dia do CIAB FEBRABAN, o maior Congresso e Exposição de Tecnologia da Informação para o setor financeiro da América Latina, que acontece no Transamérica Expo Center em São Paulo, e do qual ambas as empresas participam como expositoras.

Por VANIA HOSHII

Publicitária e Marketeira na área de TI desde 97, MATERANA há 16 anos por orgulho, Blogueira por prazer, Crossfiteira por paixão, Corredora por empolgação, Mãe por missão divina e eterna entusiasta pela vida e pelas pessoas.

Postado em: 12 de junho de 2013

Confira outros artigos do nosso blog

Nova diretoria de Inovação e Negócios da MATERA busca parcerias

20 de abril de 2017

Vania Hoshii

Páscoa Feliz 2017

18 de abril de 2017

Tamiris Fernanda Cella

Hackathon Internet Banking: UI/UX + APIs

15 de março de 2017

Pedro Farci

Three laws that enable agile software development

09 de março de 2017

Celso Gonçalves Junior

Deixe seu comentário