MATERA Systems: experiência para seu negócio na nuvem da Amazon

A computação em nuvem é uma realidade. Muitas vezes, nem sequer sabemos, mas muitos aplicativos e serviços que utilizamos no dia a dia rodam em servidores que estão “na nuvem” – ou seja – hospedados nos Datacenters de provedores que fornecem a infraestrutura para essa tecnologia.

Entre os provedores, um dos maiores e mais populares é a Amazon, com a marca AWS (Amazon Web Services) – uma das referências mundiais da computação em nuvem. A Amazon popularizou essa forma de serviço e hoje é comum empresas do ramo de TI a considerarem como uma das opções mais seguras para quem quer migrar sua infraestrutura para a nuvem.

No entanto, quando a computação em nuvem ainda era uma incógnita, a MATERA já dava seus primeiros passos com a Amazon. Aproveitando o seu know-how de mais de 28 anos em tecnologias como bancos de dados e sistemas operacionais, a MATERA foi uma das primeiras empresas a implementar infraestrutura robusta utilizando instances EC2 na Amazon.

Em 2012, a MATERA já implementava a primeira infraestrutura de um grande cliente na Amazon. Os desafios eram imensos, pois além do receio natural de se portar à infraestrutura física para algo ainda incipiente, existiam requisitos de alta disponibilidade e performance. O sucesso foi total – além de garantir ao cliente o cumprimento dos requisitos desejados, a MATERA desenvolveu técnicas específicas para criação de máquinas via scripts, com a utilização de APIs disponibilizadas pela Amazon. Assim, sempre que necessário, podiam ser criadas em questões de minutos máquinas prontas, como todos os softwares necessários instalados e operacionais, para pronto uso pelo cliente. Além da rapidez, esse processo acompanha a evolução constante que a própria Amazon traz em seus servidores e SOs – as máquinas são criadas nas instances mais modernas e atualizadas, sem o engessamento das imagens normalmente usadas.

Outro fator de sucesso vem sendo a experiencia de muitos anos da MATERA em Linux, que por sinal é a base da infraestrutura na Amazon. Soma-se a isso o profundo conhecimento em tecnologia de bancos de dados (Oracle, SQL Server, Mysql) – o que permitiu à MATERA realizar projetos de migração de grande porte, com transferência de mais de 1Tb de dados de um ambiente de um provedor convencional para a nuvem, com ganhos de performance e redução expressiva de custos.

Diferentemente do ditado popular “em casa de ferreiro, o espeto é de pau”, na própria MATERA as tecnologias da nuvem são exploradas na alavancagem de seus negócios. Exemplos são o seu Portal de Atendimento aos clientes, que roda em servidores Amazon, e o serviço de CDN da Amazon (Amazon Cloudfront), que é utilizado para servir as imagens do site corporativo da MATERA, garantindo alto desempenho de carregamento das imagens em qualquer localidade geográfica. Alguns dos produtos da empresa já são oferecidos no modelo SaaS, com toda a infraestrutura rodando dentro da AWS.

Por esses e outros motivos, podemos dizer com absoluta tranquilidade que a MATERA hoje  é uma empresa madura na computação em nuvem, pois não se trata de uma novidade tecnológica, mas sim de algo que está totalmente incorporado em nossos negócios e no nosso leque de tecnologias.


Para mais informações visite:

http://www.matera.com/br/solucoes/nuvem/

Por MÁRCIO NUNES JARDIM

Postado em: 27 de maio de 2015

Confira outros artigos do nosso blog

Estimando Custos na AWS

08 de março de 2016

Anderson Lima

Usando Amazon SQS como sistema de mensagens (2/2)

02 de março de 2016

Luis Sergio F. Carneiro

Cine Dojo: a mistura da MATERA de Coding Dojo, Cinema, Pipoca e TI!

04 de fevereiro de 2016

Valmir Massafera Jr

Documentação da sua Nuvem com Linha do Comando

15 de dezembro de 2015

Matias Schweizer

Deixe seu comentário