O tal vestido e a importância da validação do seu ponto de vista

O assunto da manhã de hoje foi o tal polêmico vestido com a pergunta “Que cor você enxerga nesse vestido?”. O mundo foi dividido entre “preto/azul” e “branco/dourado”. As pessoas pareciam loucas com a ideia de não ver o que o outro enxergava. Segundo a diretora de moda da pequena empresa inglesa responsável por produzir o vestido, “Eu posso oficialmente confirmar que a cor do vestido é azul royal com ornamentos pretos“, afirmou Bastock em entrevista ao canal CNN Money.

Muitas vezes questões simples como essa intrigam a humanidade. Tanto que esse assunto banal já é o mais comentado do mundo segundo o Twitter . Mas o que fazer com essa informação? Algumas empresas espertas já pegaram a onda e mostraram agilidade em suas campanhas publicitárias como a Renner com a Campanha “Não importa a cor do vestido. Nós temos!”. Uma chuva de memes criativos e engraçados surgiu na web e inundou o Facebook e WhatsApp.

Isso põe em cheque questões sobre o quanto estamos certos em nosso ponto de vista, considerando que as pessoas enxergam o mundo de maneira diferente e com experiências diferentes.

Nem sempre descobrimos as diferenças, pois acreditamos no que vemos e na maioria das vezes não validamos nosso ponto de vista. Apesar de nossa capacidade evoluída de enxergar e distinguir cores, nossa visão muitas vezes nos trai e faz com que a gente evite obter feedbacks sobre determinadas situações.

Na MATERA sabemos muito bem disso, e por isso, utilizamos práticas ágeis que beneficiam a interação e troca de experiências entre colaboradores, clientes e parceiros como reuniões de retrospectiva, reuniões diárias, fórum, canais de comunicação institucional, canal de inovação, entre outros.

Acreditamos que podemos compartilhar nossas experiências e visão de mundo, pois isso gera discussão e pode levar a ações de valor. Nem sempre vamos enxergar o que é certo, mas teremos sempre alguém pra validar isso =)

“Back To The Basics”

Por FABIANO AMARO COSTA

MATERANO na veia. Vive a cultura MATERA desde 2008 em diferentes papeis. Curte cães, carros e fotografia. Acredita na vida em comunidade, compartilhamento de ideias e experiências como forma de melhorar o mundo.

Postado em: 27 de fevereiro de 2015

Confira outros artigos do nosso blog

MATERA patrocina Software Experience 2017

05 de outubro de 2017

Caue dos Santos Pereira

Nova diretoria de Inovação e Negócios da MATERA busca parcerias

20 de abril de 2017

Vania Hoshii

Retrospectivas Bombásticas – Keep Talking and Nobody Explodes

17 de março de 2017

Bruno Gonçalves Zanutto

Prato de hoje: Retrospectiva

02 de fevereiro de 2017

André Suman

Deixe seu comentário