Tags:

Responsabilidade Social: Você Sabia?

Além da colaboradora Carolina Gallo (RHU), que deixou contagiar-se por ações sociais, elaborando a campanha de doação de brinquedos na MATERA SP, que aliás também já começou aqui na MATERA CPS e vai até o dia 18/11 (sexta-feira), os colaboradores Diogenes (DIS) e a Aline Carvalho (CAS) deram o ponta pé inicial e foram os primeiros a contribuirem com a ideia.

Entretanto, mais do que relembrá-los sobre a campanha, no semestre passado também tivemos outro exemplo de responsabilidade social, e desta vez em prol do meio ambiente. A iniciativa partiu do colaborador Paulo Pontes (QAS), que por meio das folhas de rascunho confecciona bloquinhos de notas e isso lhe rendeu o prêmio de desempenho excepcional pela Consciência Social e Ambiental.

Entrevista com Paulo Pontes

Como surgiu a ideia?

Embora trabalhemos em uma empresa de tecnologia, no dia-a-dia, sempre precisamos de um papel e caneta para anotar alguma informação, talvez por ser mais rápido que armazenar e organizar no computador. Vi que algumas pessoas cortavam as folhas de rascunho ao meio e prendiam com um clips. Aí como meu pai tem uma gráfica e uma área de acabamento que faz esse tipo de serviço, perguntei ao administrativo se poderia levar algumas folhas que utilizamos de rascunho para cortar e colar e fazer um bloquinho “bem acabado” para utilização do pessoal. Pra mim é comum porque na gráfica as folhas de papel tem um tamanho padrão e como cada trabalho tem o seu tamanho específico de papel são gerados “retalhos” que são reaproveitados dessa maneira, fazendo bloquinhos, que distribuímos aos clientes.

De que maneira você confecciona os bloquinhos?

Peço para encaixar na produção com outros serviços. Primeiro as folhas são coladas e depois cortadas de uma só vez no tamanho desejado em uma máquina robusta com lâmina que faz jus ao seu nome guilhotina.

Como a sua iniciativa pode ajudar o meio ambiente?

Bem, reaproveitando o papel podemos poupar algumas árvores, já que para a produção de 1 tonelada de papel são necessárias de 2 as 3 toneladas de madeira fora a enorme quantidade água. Os impactos são desastrosos. Então qualquer ação que minimize ou desfaça algum mal é sempre bem vinda.

Você esperava ganhar o prêmio?

Sinceramente não, por isso fiquei surpreso e claro muito feliz pelo reconhecimento!

Deixe uma mensagem para os profissionas da MATERA.

Esse é assunto de séria preocupação, já que é da natureza que extraímos boa parte das coisas que precisamos para manter a vida; por isso vamos contribuir para mantê-la. E por mais simples e pequena que seja a ação que você tome em qualquer aspecto da sua vida, tem sempre alguém vendo, mesmo que você ache que não.

Por TAMIRIS FERNANDA CELLA

Jornalista e pós graduada em Serviço Social e Gestão de Projetos Sociais. Materana desde 2011 e aproveitando a oportunidade de exercer o voluntariado por meio da Responsabilidade Social e Sustentabilidade, através do Projeto Gente em Ação.

Postado em: 01 de novembro de 2011

Confira outros artigos do nosso blog

Gente em Ação participa do Grupo de Estudos de Voluntariado Empresarial

11 de junho de 2018

Tamiris Fernanda Cella

Sustentabilidade e seus aspectos multiformes

07 de junho de 2018

Tamiris Fernanda Cella

Agora temos Indicadores de Responsabilidade Social e Sustentabilidade!

28 de maio de 2018

Silvia Zulin

Consciência Ambiental: juntos preservamos a natureza e minimizamos impactos

23 de maio de 2018

Tamiris Fernanda Cella

Deixe seu comentário