Sistema Colaborativo: Unindo forças com o BuddyPress – Parte 01

Para iniciar uma série de posts sobre o plugin BuddyPress, não poderia deixar de enfatizar o significado de Sistema Colaborativo.

Da tradução dos termos groupware e “CSCW” (Computer Supported Cooperative Work), é um sistema de cooperação e participação entre as equipes corporativas (ou não) com o intuito de rede social. Faz o que muitas empresas deixam uma lacuna, não une somente softwares prontos para serem implantados em um cliente, une as pessoas que estão por trás da engenharia.

O BuddyPress, um plugin que faz essa ponte social, pode ser agregado ao WordPress e desenvolve de forma dinâmica esse papel. É livre e OpenSource, garante a comunicação e a própria rede social de fácil configuração.

wordbuddy                                                                  Divulgação: buddypress.org

Possui recursos como:

  • Fluxo de Atividades

  • Perfis de usuários

  • Envio de Avatar

  • Criação de Grupos

  • Fóruns de discussão para Grupos

  • Rede e Logotipo para cada Grupo

  • Rede de amizade

  • Mensagens

  • Tema

  • Blogs

Na MATERA utilizamos essa tecnologia, um ambiente onde você encontra informações técnicas referente aos seus meios de trabalho (WIKI), no mesmo local há grupos que se unem com o gosto em comum, blog e ainda tem espaço para FeedBack quando o colega de trabalho quebrou aquele galho e forneceu um atalho para que você concluísse seu trabalho.

A cultura de integração entre pessoas é cada vez mais importante para a qualidade do trabalho e motivação do funcionário, fazendo com que a comunicação seja eficaz e evolutiva.

Não basta mais somente ter conhecimento técnico, agregando os aspectos humanos a tecnologia, o único resultado dessa união só pode ser um projeto de sucesso.

No próximo post, vamos explorar um pouco mais desse plugin e como é configurado.

Até logo pessoal 🙂

Para baixar o plugin e explorar sua documentação: https://buddypress.org/

Plataforma: PHP, MySQL, Javascript

Referências:

[1] https://buddypress.org/

[2] Hugo Fuks ; Mariano Pimentel. Sistemas Colaborativos – 1.Ed. São Paulo. Sociedade Brasileira de Computação, 2012.

Por RAQUEL STAPAIT

Postado em: 13 de setembro de 2016

Confira outros artigos do nosso blog

[Webinar] Profile de aplicações Java com Oracle Mission Control e Flight Recorder

24 de julho de 2017

Danival Calegari

Criando Mocks de serviços REST com SoapUI

27 de junho de 2017

Monise Costa

Three laws that enable agile software development

09 de março de 2017

Celso Gonçalves Junior

Medindo performance de uma API REST

21 de fevereiro de 2017

Monise Costa

Deixe seu comentário