Image without alt
Voltar para todos os posts

Agenda evolutiva Pix: conheça suas funcionalidades

14 of outubro of 2022

O Pix trouxe uma intensa movimentação do mercado financeiro nacional e suas funcionalidades práticas e ágeis foram fundamentais para a sua adesão.

por matera

Compartilhar

Image without alt

Focadas na instantaneidade dos pagamentos que são feitos em qualquer dia e horário, as transações por Pix permitem operações mais rápidas, facilitando a transferência de recursos entre contas e principalmente a jornada do usuário. Segundo informações divulgadas na página do Pix do Banco Central, esse meio de pagamento tem o potencial de “alavancar a competitividade e a eficiência do mercado, baixar o custo, aumentar a segurança e aprimorar a experiência dos clientes, incentivar a eletronização do mercado de pagamentos de varejo, promover a inclusão financeira e preencher uma série de lacunas existentes na cesta de instrumentos de pagamentos disponíveis atualmente à população.”

Seguindo uma agenda evolutiva, o regulador atribuiu novas funcionalidades ao Pix, agregando a ele diferentes possibilidades de uso. Essas novidades do Banco Central fizeram do Pix completo, permitindo que o consumidor substitua outros meios de pagamento, ao mesmo tempo que estimula novas operações dentro do sistema. 

Abaixo você pode conferir as principais funcionalidades que já estão operando no Pix, suas características e benefícios!

Pix Cobrança

Lançado em maio de 2021, o Pix Cobrança tornou possível a inserção de informações mais detalhadas referentes aos pagamentos cobrados pelas empresas. A partir da criação de um QR Code Dinâmico, ou seja, um código exclusivo para o pagamento em questão, é possível inserir informações como data de vencimento, juros e multas. 

Para que o cliente realize o pagamento, é só solicitar que o mesmo escaneie o QR Code ou utilize a função copia e cola. Após isso, o sistema de Pix Cobrança utilizado pela empresa ficará responsável por realizar a transação de forma instantânea.

Sendo uma ótima alternativa aos boletos, que demoram até 3 dias úteis para serem compensados e limitam os pagamentos entre às 8h e às 22h, somente durante os dias úteis da semana, o Pix Cobrança permite que os compradores realizem os pagamentos em qualquer dia e hora (tendo disponibilidade 24/7) com as transações compensadas em até 10 segundos.

Pix Saque e Troco

Presentes desde novembro de 2021 no Pix, essas funcionalidades permitem que os consumidores realizem os processos de saque e recebam o troco de recursos movimentados de forma mais rápida a partir de diversos tipos de estabelecimentos comerciais, além de postos bancários.

O Pix Saque trouxe a possibilidade de os usuários sacarem recursos a partir do Pix. O processo é bem simples: o correntista deve realizar um Pix para o estabelecimento (por QR Code ou chave) e após isso, recebe o dinheiro em espécie do caixa.

Já o Pix Troco, permite que os correntistas saquem um determinado valor durante o momento do pagamento de uma compra. Esse processo acontece a partir do envio do valor da compra pelo Pix somado ao valor de saque desejado, que é retirado no caixa em espécie e entregue para o correntista como troco. No extrato do cliente é informado o valor da parcela atribuída à compra e o restante sacado como troco.

Essas funcionalidades tornam o Pix ainda mais prático e ágil e justificam o fato de, segundo Pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) em parceria com o Sebrae, ser o segundo meio de pagamento mais utilizado atualmente, possuindo 70% de preferência pelos brasileiros.

A agenda evolutiva do Pix ainda tem diversas funcionalidades que serão agregadas ao meio de pagamento. Tudo isso depende de um cronograma divulgado pelo Banco Central, mas que promete opções para tornar este sistema cada vez mais completo e revolucionário. 

Quer introduzir o sistema Pix em seu negócio? A Matera oferece essa solução! Converse com nossos especialistas e saiba mais sobre esse meio de pagamento que tem mudado o cenário econômico do Brasil.