Image without alt
Voltar para todos os posts

Como o crescimento de “pejotinhas” impacta o mercado de crédito

1 of outubro of 2022

É possível observar uma tendência no aumento da procura de crédito no Brasil nos últimos semestres. Segundo o Índice Neurotech de Demanda por Crédito (INDC), indicador mensal que contabiliza a quantidade de solicitações de financiamento nos setores de serviços, varejo e bancos, o Brasil iniciou o ano de 2022 com um aumento de 8% em janeiro e finalizou o primeiro semestre com um aumento total de 24% na procura por crédito, dados que, comparados ao mesmo período de 2021, demonstram um grande avanço nessas solicitações.

por matera

Compartilhar

Image without alt

Esse crescimento se deve principalmente pelo aumento do número de “pejotinhas” no mercado financeiro, que são micro e pequenos empresários que utilizam seus lucros como fonte de renda e que são geralmente pertencentes ao sistema Simples Nacional. Também estão incluídos nesta denominação os profissionais assalariados que atuam como PJ para outras empresas. Segundo divulgação feita em junho deste ano pela Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, quase 70% das empresas ativas no Brasil são microempreendedores individuais (MEIs). Em um levantamento recente feito pelo governo foram previstos cerca de R$ 90 bilhões de reais em crédito a micro e pequenas empresas só em em 2022, o que demonstra o aumento da procura por esse tipo de negócio

Muitos profissionais estão se posicionando cada vez mais como empreendedores e, consequentemente, buscam formas de investimento para desenvolverem e evoluírem seus negócios, o que acaba os levando à procura de crédito visando esse objetivo.

Para acompanhar esse cenário, diversas instituições têm aderido ao movimento de oferecimento de crédito para esses empreendedores. Antes limitada apenas aos grandes bancos, as financeiras, fintechs de crédito e bancos múltiplos também têm permitido a oferta de crédito para os seus clientes, fator que gera uma maior competitividade no mercado e também uma grande variedade de opções para os contratantes. 

Com taxas e condições ainda mais atrativas que as dos grandes bancos, a oferta de crédito por essas instituições traz benefícios tanto para os PJs que pretendem contratar esse serviço quanto para elas mesmas, que acabam aumentando seu leque de serviços e sua receita. 

Esse contexto permite visualizar como o mercado de crédito tem crescido e o quão esse serviço é interessante para as instituições financeiras, permitindo uma nova oportunidade de crescimento. 

A Matera, seguindo essa tendência, também permite a contratação de crédito a partir da solução Matera Crédito. Sendo uma plataforma de crédito digital para empresas e atendendo Consignado Privado e Público, Crédito pessoal com e sem garantia FGTS e Crédito Direto ao Consumidor - CDC para pessoa física, essa solução também contempla as pessoas jurídicas, oferecendo crédito com Capital de Giro e Desconto de Recebíveis para as mesmas. Entregando para todas as modalidades as Informações BACEN e com funcionamento via SaaS (Software as a Service), juntamente com tecnologias de APIs e RestFul (JWT), essa solução visa o melhor processamento do seu negócio e garante os melhores resultados.

Embarque nessa tendência e fique por dentro!